Nutrição e Psiquiatria

Não restam dúvidas. A urbanização e suas consequências, tais como o aumento do consumo de alimentos processados (Richardson et al., 2012; Jacka et al, 2014), as mudanças climáticas (Redshaw et al., 2013), a desnutrição e o sedentarismo (Bloom et al., 2008) estão associadas a aumentos de casos de depressão e outros transtornos mentais (Peen et al., 2010; Streit et al., 2014). Além disso, a probabilidade de experimentar um distúrbio emocional é 59% maior em jovens urbanos versus rurais (Rudolph et al., 2014).